Tag Archive | elo

Crítica: Quanto vale o seu elo?

Saudações amigos leitores do Minha Tia. Hoje escrevei algumas palavras que saem um pouco do meu habitual. Mas vendo acontecimentos recentes mais algumas observações minhas, achei interessante partilhar algumas ideias com vocês. Meu objetivo aqui não é só jogar merda no ventilador, mas levantar alguns pontos do comportamento no jogo. Talvez seja um texto mais pesado, mas se você só quer moleza, senta no pudim =P

——————

Semana passada nosso amigo Argonauta escreveu sobre recentes incidentes no cenário profissional do LoL Brasil. Um caso de uso de programa ilegal e outro onde vários jogadores foram acusados de praticar o elojob. Como vocês devem saber, elojob é o nome dado para quando uma pessoa paga para outra jogar em sua conta e deixa-la em um rank mais alto. Pois é…

Não vou aqui falar dos caras que foram banidos por fazerem esse serviço – isso é outra discussão – mas vou levantar outro ponto. Se esse serviço é VENDIDO, é porque tem gente que COMPRA. Simples lei de mercado. Mas quem são essas pessoas? E porque fazem isso?

A primeira coisa é essa importância que se dá ao seu elo. É bem recorrente você ler um “Aff seu bronze Hue hue”, “Eu sou ouro, seu lixo” e suas variações. Por mais que as vezes possa ser só uma zoeira, existe sim muita gente que leva isso a sério – tanto que existe o elojob. É como se toda sua personalidade e seus feitos durante a vida fossem resumidos a UMA pontuação em UM jogo.

Se achar o maioral por conta de um título desses é, no mínimo, digno de pena. Mas vamos expandir um pouco essa abordagem. Ela não é exclusiva do LoL, não mesmo. Pense quantas situações como essa você já não viu na escola, no trabalho, na academia, no clube, na balada, na lan house e até na reunião de família. A necessidade de se auto afirmar perante um grupo as vezes pode fazer o individuo tomar atitudes que vão até mesmo contra seus ideais.

Vejam bem, querer ou ser bom em alguma coisa não é mal nenhum, muito menos um motivo de vergonha. É legal você partilhar seus feitos, desde que eles sejam SEUS feitos, obtidos de maneira honesta. Se você joga sujo para conseguir o que quer, qual o REAL VALOR disso? E qual o impacto que isso vai ter ?

Vou usar aqui uma definição usada pelo Prof. Mário Sérgio Cortella, professor de filosofia da PUC – São Paulo. Falarei um pouco sobre ela e depois amarro tudo com o nossa realidade do jogo. O paragrafo abaixo é autoria dele.

“(…) Somos seres de insatisfação e precisamos ter nisso alguma dose de ambição; todavia, ambição é diferente de ganância, dado que o ambicioso quer mais e melhor, enquanto que o ganancioso quer só para si próprio.”

O texto completo você pode ler aqui, mas vou tentar dar uma resumida dessa parte. Ambição é uma virtude do ser humano. Sem ambição não teríamos chegado onde estamos hoje enquanto espécie. É ela que te faz querer mais, querer ser alguém melhor. Querer uma boa nota, um bom emprego e até mesmo uma boa classificação nos ranks do LoL.

O problema é quando a ambição passa da conta e se torna ganancia. O ganancioso quer tudo para si e está disposto a pagar qualquer preço pelo que deseja. Ao contrário do sujeito ambicioso que deseja melhoras não só para ele mesmo, mas para todos ao seu redor. E por “todos ao seu redor” entenda desde seus vizinhos até o mundo inteiro.

Vamos voltar para o League e ver um exemplo prático de como isso pode agir de forma negativa.

Fulano se acha muito esperto e pagou para ir pro platina. Depois de “pegar” platina, foi lá com toda sua habilidade (que não possui) jogar sua primeira partida. Óbvio que ele não está no mesmo nível dos outros e porcentualmente a chance do Fulano cometer erros graves na partida e prejudicar os outros 4 companheiros é bem grande. As intenções dele podem até serem boas, mas é como colocar o Zézinho do time do buteco pra jogar em partida de Copa do Mundo. E mais uma coisa: Fulano não vai jogar só uma partida. Vai jogar VÁRIAS. Logo, vai estragar o jogo de diversas outras pessoas. Que vão ficar irritadas. E vão descontar em alguém. E… você já percebeu como isso continua, não é ?

Notou como a ganancia em subir de elo e pensar só na sua vantagem pessoal prejudicou outras pessoas? A ambição de fulano em ser reconhecido e obter um alto rank foi tão grande que se tornou um ato ganancioso. E todos perdem com isso. League of Legends é um MULTI JOGADOR, jogado em TIMES. Qualquer ação de um individuo VAI ter uma reação bem mais ampla. Então não diga que é “só problema seu!!”  se você paga para subirem seu rank.

Talvez esse exemplo seja uma situação meio extrema, mas facilita visualizar o conceito, que é minha intenção. Pense você de quantas formas diferentes esse comportamento pode prejudicar o andamento de partidas, a relação entre jogadores – que pode se tornar mais áspera – , a motivação de outras pessoas que jogam honestamente e por ai vai.

Já li diversos jogadores profissionais dizerem isso e concordo plenamente: cada um tem o rank que merece. Se você se esforçar, você acaba subindo – repare que em nenhum momento é dito que o processo é fácil. Se não, fica lá em baixo. E não há problema nenhum ficar na parte de baixo da piramide, se você está tranquilo quanto a isso. O importante é ser honesto consigo mesmo – da mesma maneira que você deseja que outras pessoas sejam honestas com você.

Pra fechar esse artigo,  vou deixar aqui uma outra palestra do Cortella (sou fã desse cara), falando de pessoas que acham que são mais importantes que realmente são. Abraços a todos e até mais.

 

Curta-nos http://bit.ly/FacebookdaTia e siga a gente no Twitter também: http://bit.ly/TwitterMTJLoL

Partidas Ranqueadas – O Bicho de Sete Cabeças

E hoje é dia de que? Dia de Guest Post, yaaaaaaaay! Hoje, temos um tira-dúvidas sobre partidas ranqueadas – o que são, como funcionam, dicas – feito pelo Renato, mais conhecido como Topeira. Pra quem não lembra, foi ele quem fez nossa análise de LoL vs DotA 2! Então, #PAR2?

 

“Primeiramente, olá! Meu nome é Renato, mas sou conhecido por Topeira. Recentemente, comecei a jogar jogos ranqueados e tenho algumas dicas pra dividir com vocês. Mas vamos começar pelo começo:

O que são?

Jogos ranqueados são sempre do tipo Draft Pick (Modo Competitivo no BR).
Se tiver dúvidas sobre este modo, dá uma olhada nesta postagem feita pela Zolik. A única diferença entre Draft Pick padrão e o Draft Pick de uma partida ranqueada é que na partida ranqueada, a ordem dos picks sempre é decidida pelo elo dos jogadores; O maior elo está sempre no primeiro turno de seleção e o menor elo está sempre no último turno a escolher personagens.

O que diabos é elo?

Elo é, colocando de forma simples, o quão bem o jogo acha que você joga. Isso nem sempre reflete a realidade, mas é um parâmetro e tem certo sucesso. Nas primeiras duas temporadas, elo era medido em pontuação. Vc tinha 1200 de elo, vc tinha 1500 de elo, etc. Como faltava um parâmetro melhor para saber aonde vc estava e eram só números “sem sentido”, na terceira temporada isso foi alterado.
Agora temos um sistema nomeado “Sistema de Ligas” (Liga das Lendas, hã, hã?). O número que antes tinha, agora está oculto pelo jogo e você fica em certa liga, que indica como você está jogando.

E como funciona esse novo sistema de ligas?

Imagem divulgada pela Riot na época do lançamento do Sistema de Ligas

 

Você fica em uma certa posição (por exemplo, Bronze III) e deve somar 100 pontos de liga para poder subir para Bronze II. Pontos de Liga são adquiridos em vitórias nos jogos ranqueados e é baseado nos seus oponentes e aliados. Quanto mais fortes seus inimigos, mais pontos uma vitória te garantirá e menos pontos uma derrota te tirará. Você provavelmente não jogará com pessoas na mesma posição da liga que você: Nada impede de um Bronze que está em uma sequência de vitórias acabe “invadindo” um jogo recheado de Ouros, ou que um Ouro em uma sequência de derrotas jogue com Bronzes. Devo dizer, por experiência, que a mescla de jogadores de diferentes ligas acontece geramente de manhã ou madrugada (aonde tem menos jogadores online em geral). Já vi jogos com um Platina IV e um Prata V co-existindo.

E como passo de liga?

Como eu disse acima, o primeiro passo é juntar seus 100 pontos de liga. Juntou seus 100 pontos de liga? Parabéns! Agora você receberá uma mensagem do jogo avisando que você está pronto para a promoção. Só que não é bem assim… Para passar para a próxima liga, após juntar os 100 pontos, você terá que fazer um “melhor de três”. Dos seus três próximos jogos ranqueados, se você tiver ao menos duas vitórias, você passará de liga e zerará seus pontos de liga. Se acabar tendo duas derrotas, você se mantém na mesma liga e volta a ter entre 40 e 70 pontos de liga. Mas isto vale para as ligas menores (transição entre Bronze III e Bronze II, ou Prata IV e Prata III). Para as transições maiores (Prata I para Ouro V, por exemplo), você terá que fazer uma “melhor de cinco” (ganhar 3 nas próximas 5 partidas).

Ok, e pra que diabos passar por tudo isso?

A idéia de jogar partidas ranqueadas é evoluir como jogador. TEORICAMENTE, quanto maior sua liga, mais difíceis serão seus oponentes e mais habilidades serão necessárias para subir. E porque teoricamente? Por que tem gente que, sabe Deus como, atinge ligas altas e não tem a menor habilidade ou noção (abraço especial pro Xin Zhao Platina IV 0/7 que peguei outro dia no time). Mas a tendência de pegar cotocos é inversamente proporcional a quão alto seu elo é.

O que é esse Elo Hell que todos ficam falando sobre?

Agora ficou óbvio né? Sendo elo a pontuação e hell (inferno em inglês) algo geralmente nada agradável ou desejavel para si, Elo Hell é aquele buraco obscuro e fedido, lotado da parte mais escrota da sociedade LoLística. Todos os quitters, feeders intencionais (e não intencionais), crianças de 10 anos de idade e pessoas cheias de ódio no coração se encontram diariamente no Elo Hell para ficarem se xingando, se matando e falando “gg surrender aos 20″ aos 25 segundos de jogo. Normalmente, elos abaixo de 900 (Hoje acho que é o equivalente a Bronze IV ou V) são considerados elo hells.

Vou começar a jogar hoje. Vou começar no elo hell?

Não necessariamente. Dependendo da sua performance nas ranqueadas da segunda temporada (caso você jogava lá) e mesmo nos jogos normais, você poderá começar com até cerca 1400 de elo (até mais, mas é meio difícil sem ter jogado na segunda temporada). Antes de ter um elo definido, você terá jogos com outras pessoas em ligas aleatórias por dez jogos. É por tentativa e erro: A liga das pessoas com quem você joga aumenta se você ganha e diminui se você perde para tentar definir qual lugar é um bom lugar para você começar. Não há transição (melhor de 3 ou 5) nesses dez primeiros jogos, então tente arrumar um bom duo e ganhar o máximo de partidas em sequência possível! Provável que você acabe caindo em Bronze I ou até mesmo alguma liga Prata, mesmo sem ter jogado ranqueadas anteriormente e não ter que saborear o “gostinho” do Elo Hell.